Postagens Relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quinta-feira, 2 de maio de 2019

SITUAÇÃO PRECÁRIA DA BR 316 SE AGRAVA CADA VEZ MAIS.

A ultima vez em que a BR 316 chegou a uma situação que ficou intrafegável foi em 2006, quando na época o Jornal Nacional, fez um quadro chamado "JORNADA INESQUECÍVEL" com o então apresentador PEDRO BIAL.
BR 316 em 2019, 13 anos depois da reportagem do Jornal Nacional 
O caso agora se repete em 2019, 13 anos depois que o jornal fez esse quadro na época logo após a reportagem o DNIT começou as obras na BR, agora em 2019 o pesadelo retorna e até o momento os usuários não tem uma resposta do GOVERNO FEDERAL, com as estradas nessas situações o risco de assaltos aumenta 100% vejam a situação em que se encontra esse trecho da BR 316 que cruza a cidade de Bom Jardim-MA. 


O quandro que apresentou a BR 316 na época foi ao ar no dia 08/09/2006 e mostrou toda situação em que se encontrava a BR.

Relembre o Caso:

A Caravana JN enfrentou, ontem, uma provação no Nordeste brasileiro. Antes de partir para uma viagem, a equipe de Pedro Bial soube que encontraria pela frente, simplesmente, a pior estrada do Brasil. A pior estrada - de um país que tem algumas das piores estradas do planeta. É esse prodígio que a Caravana JN tem o desprazer de apresentar agora.

Como fazer 200 quilômetros em nove horas e meia? Voz oficial do poder público, o Dnit (Departamento Nacional de Infra-estrutura) diagnistica: a BR-316 é a pior estrada do Brasil. Não, para ser mais preciso esse trecho da BR-316 é só uma caricatura, sem graça, das estradas e da infra-estrutura do Brasil. Ah, outra piada de mau-gosto: posto fiscal.

Impossível andar a mais de 30 quilômetros por hora. De excesso de velocidade aqui não se morre, só que os assaltantes atacam a pé a qualquer hora do dia e da noite.

Uma hora e 25 minutos de viagem e 26 quilômetros percorridos. Os homens agüentam. As máquinas, não.

- O que aconteceu com seu caminhão?

- Pifou o rolamento.

- E agora para vir socorro, como faz?

- Só na rede, né?

Pode demorar.

“Eu estou aqui desde sábado. Ninguém passou aqui para me socorrer”, reclama um caminhoneiro.

Um caminhoneiro teve uma boa idéia. É de terra. Melhor.

Têm suas vantagens. Se o ilustre passageiro cansar do sacolejo, ele pode ir caminhando, se exercitando. A velocidade é a mesma do ônibus.

Somos saudados por gritos: “Mostra a vergonha do Brasil!”, “Mostra onde foram parar nossos impostos!”. Olha as placas de sinalização, os olhos de gato, as faixas no asfalto. Olha o asfalto. Olha a única estrada federal que liga o Maranhão ao Pará.

Anúncios de paceiros deste site:












Nenhum comentário:

Postar um comentário

Presos Fogem do hospital

INSTITUTO HUMANISTA LIMA COELHO BUSCA PROJETOS PARA ITAPECURU-MA.

O Instituto Humanista Lima Coelho iniciou articulação visando a melhoria da qualidade de vida da população Itapecuruense.  O Presid...