Postagens Relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sábado, 8 de junho de 2019

FAECO ECOÁ DA GOLPE EM ALUNOS DE SÃO MATEUS – MA.


A informação partiu de alunos que terminaram o curso de Bacharelado em Serviço Social em 2018, já haviam feito TCC, mais agora depois de entrar em contato com o Blogueiro Nonato Nascimento, que fez uma investigação e descobriu que a "FAECO" se encontra extinta do MEC, e os alunos relataram ao blog que já se cogitava a ida deles para "UNINTA", onde passariam mais dois anos é cada manobra que até Deus, duvida dessas terceirizadas e a justiça maranhense parece não ter muito interesse em punir ou investigar esses possíveis golpes.  
alunos que terminaram o Curso de Serviço Social/ em 2018 pela FAECO/ ECOA SÃO MATEUS - MA
Mesmo com todas as provas divulgadas a fortes indicio que os coordenadores podem ser cientes e coniventes com tal pratica criminosa como vocês podem ouvir esses áudios de uma coordenadora prometendo levar alunos em Sobral/CE, confirmando o que o site publicou dia (07) https://portalfalamaranhao.com/noticia/203/faculdade-inta-uninta-nao-tem-autorizacao-do-mec-para-atuar-em-varias-cidades-do-maranhao

Áudio:
Áudio:
Áudio:
Áudio:


Segundo o diário oficial da UNIÃO, PORTARIA Nº 694, DE 18 DE OUTUBRO DE 2018, Dispõe sobre o descredenciamento da Faculdade Ecoar - FAECO (cód. 3699). Processo n° 23709.000237/2016-94. O SECRETÁRIO DE REGULAÇÃO E SUPERVISÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR, no uso da atribuição que lhe confere o Decreto nº 9.005, de 14/03/2017, tendo em vista o disposto no art. 73, inciso II, alínea d e §1º do Decreto nº 9.235, de 2017, adotando os fundamentos expressos na Nota Técnica nº 101/2018/CGSOTÉCNICOS/DISUP/SERES, determina:

Art. 1º. A aplicação da penalidade de descredenciamento à Faculdade Ecoar - FAECO (cód. 3699), mantida pela Sociedade Educacional Portal das Missões SEPM-MEC (cód. 2338), inscrita sob o CNPJ nº 05.873.233/0001-12, nos termos do art. 73, inciso II, alínea d e §1º do Decreto nº 9.235, de 2017.

Art. 2º. A desativação dos cursos de Bacharelado em Administração (cód. 86474); Bacharelado em Ciências Contábeis (cód. 85778); Tecnológico em Gestão Ambiental (cód. 113935); Bacharelado em Serviço Social (cód. 112542) e Bacharelado em Sistemas de Informação (cód. 85776) da Faculdade Ecoar – FAECO (cód. 3699), nos termos do art. 73, inciso II, alínea a e §1º do Decreto nº 9.235, de 2017. Art. 3º. O cumprimento, por parte da Faculdade Ecoar - FAECO (cód. 3699) de vedação de ingresso de novos estudantes; entrega de registros e documentos acadêmicos aos estudantes; quando for o caso a oferta final de disciplinas e transferência de estudantes nos termos do art. 57 e incisos I, II e III do Decreto nº 9.235, de 2017.

Art. 4º. O encaminhamento, a esta Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior - Seres, pela Faculdade Ecoar - FAECO (cód. 3699) em até 45 dias, lista nominal dos alunos contendo CPF, data de ingresso, curso vinculado e data de conclusão prevista, que não será passível de posterior aditamento, salvo se por erro material que não importe em alteração substancial na identificação do discente.

Art. 5º. Na hipótese de constatação da impossibilidade de transferência dos estudantes para outra instituição, a Faculdade Ecoar - FAECO (cód. 3699) continue a oferta de Bacharelado em Administração (cód. 86474); Bacharelado em Ciências Contábeis (cód. 85778); Tecnológico em Gestão Ambiental (cód. 113935); Bacharelado em Serviço Social (cód. 112542) e Bacharelado em Sistemas de Informação (cód. 85776) até a conclusão, visando resguardar os direitos dos estudantes matriculados, nos termos do art. 73, §2º do Decreto 9.235/2017.

Art. 6º. O reconhecimento para fins exclusivos de emissão de diplomas dos cursos de Bacharelado em Ciências Contábeis (cód. 85778); Bacharelado em Serviço Social (cód. 112542); e Bacharelado em Sistemas de Informação (cód. 85776), nos termos do art. 73, § 2º do Decreto 9.235/2017, para os alunos que realizaram os cursos de graduação na sede da (nome e código da IES), localizada na Avenida Presidente Vargas, 53-A, Bairro Lucas Araújo, Passo Fundo/RS, que ingressaram até o dia 04 de maio de 2018, conforme instauração do procedimento sancionador pela Portaria nº 301, de 03/05/2018, publicada no Diário Oficial da União de 04/05/2018, observado os dados constantes na última declaração da IES ao Censo da Educação Superior do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais.

Anísio Teixeira - INEP (neste caso específico, o Censo da Educação 2015). Art. 7º. A identificação e o cancelamento imediato, pela Faculdade Ecoar - FAECO (cód. 3699), de eventuais diplomas expedidos de cuja análise fique evidenciada a sua irregularidade a partir da identificação de uma das seguintes situações, entre outras, que violem o marco regulatório educacional: a)oferta de educação superior sem o devido ato autorizativo; b)oferta de educação superior em desconformidade com os atos autorizativos da IES, entre eles o quantitativo de vagas autorizadas para os seus cursos de graduação e o local autorizado para a oferta; c)terceirização de atividade finalística educacional, sob quaisquer designações, incluindo cursos livres equivocadamente caracterizados como de extensão, na oferta de educação superior;

d)convalidação ou aproveitamento irregular de estudos ofertados por instituições credenciadas ou não para a oferta de educação superior, sob quaisquer denominações, incluindo cursos livres equivocadamente caracterizados como de extensão, para acesso à educação superior; e)diplomação de estudantes cuja formação tenha ocorrido em desconformidade com a legislação educacional;

f)expedição de diplomas de alunos não declarados no Censo da Educação Superior. Art. 8º A publicização, pela Faculdade Ecoar - FAECO (cód. 3699), e de sua mantenedora, Sociedade Educacional Portal das Missões SEPM-MEC (cód. 2338),da lista de eventuais diplomas cancelados com nome, curso, e CPF do discentes no em jornal de grande circulação no estado de origem da IES e em jornal de grande circulação nacional, em jornal local de grande circulação e no sítio eletrônico da IES, devendo tal informação estar disponível em sua página principal pelo período mínimo de seis meses ou até a comprovação da entrega de documentos ao aluno, bem como o encaminhamento ao MEC, de comprovação do cumprimento desta medida, no prazo de trinta dias.

Art. 9º. A responsabilização da Sociedade Educacional Portal das Missões SEPM-MEC (cód. 2338), nos termos do art. 58, §1º do Decreto nº 9.235, de 2017 e art. 39 da Portaria nº 315, de 2018, o representante legal da mantenedora responderá, nos termos da legislação civil e penal, pela guarda do acervo acadêmico da instituição, nas hipóteses de negligência ou de sua utilização fraudulenta. Art. 10. Após o descredenciamento, ou após a conclusão do curso pelos estudantes ou sua transferência, a instituição e sua mantenedora, terão o prazo de até 6 (seis) meses para a emissão de todos os documentos acadêmicos. Em qualquer caso, o representante legal deve manter atualizadas, junto ao MEC, as informações sobre a localização do acervo e quanto à responsabilidade pela emissão de documentos, nos termos do art. 40, parágrafo único da Portaria nº 315, de 2018, Art. 11. Na hipótese de transferência da responsabilidade pela guarda e gestão do acervo acadêmico a outra IES devidamente credenciada, a Sociedade Educacional Portal das Missões SEPMMEC (cód. 2338) deverá encaminhar a esta Secretaria termo de transferência e aceite por parte da IES receptora, na pessoa de seu representante legal, que será integralmente responsável pela guarda dos documentos e registros acadêmicos dos estudantes e dos cursos ofertados pela Faculdade Ecoar - FAECO (cód. 3699), nos termos do art. 58, §2º, do Decreto nº 9.235, de 2017. Art. 12. O encaminhamento, a esta Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior - Seres, pela Faculdade Ecoar - FAECO (cód. 3699), no prazo de até 30 (trinta) dias, de informação sobre a localização do acervo acadêmico, a qual deverá constar em seu sítio eletrônico, nos termos do art. 43, da Portaria nº 315, de 2018. Art. 13. A publicização, pela Faculdade Ecoar – FAECO (cód. 3699), mantida pela Sociedade Educacional Portal das Missões SEPM-MEC (cód. 2338), na pessoa dos representantes legais, da decisão de descredenciamento indicando o responsável pela IES, o telefone e o local de atendimento aos alunos para entrega de documentação acadêmica e demais orientações, de forma ostensiva e permanente em seu sítio eletrônico pelo período mínimo de seis meses, e publicar em jornal de grande circulação regional pelo menos por três vezes.

Art. 14. A notificação da Faculdade Ecoar - FAECO (cód. 3699) da presente decisão e da possibilidade de apresentação de recurso, no prazo de 30 (trinta) dias, à Câmara de Educação Superior do Conselho Nacional de Educação - CNE, nos termos do art. 75 do Decreto nº 9.235, de 2017. Art.15. Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.


MEC suspende atividade em faculdades por oferta irregular de cursos superiores
O Ministério da Educação (MEC) determinou a suspensão de atividades em 27 faculdades por oferta irregular de cursos superiores. As instituições, localizadas em 14 estados, foram citadas no relatório da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) instalada pela Assembleia Legislativa de Pernambuco.

A CPI concluiu que quase 20 mil alunos foram afetados por diferentes tipos de irregularidades, incluindo a venda ilegal de diplomas. O relatório identificou situação de “terceirização da oferta de cursos superiores” sob o formato de programas de extensão universitária, ofertado por faculdades credenciadas pelo MEC em parceria com entidades não credenciadas para a oferta de educação superior.

Segundo o MEC, o despacho não inclui a suspensão de aulas nessas faculdades. As medidas cautelares incluem a interrupção imediata de eventuais práticas de terceirização irregular da oferta de educação superior. Também devem ser interrompidos procedimentos que levem ao aproveitamento irregular de estudos, incluindo cursos livres equivocadamente caracterizados como de extensão.
As instituições citadas poderão apresentar recurso contra as medidas. Outras cinco faculdades que também estão sob investigação do MEC já possuem medidas cautelares específicas determinadas pela Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior.

Abaixo lista de faculdades extintas:

Centro Universitário da Serra Gaúcha (FSG)
Faculdade Afirmativo (FAFI)
Faculdade América Latina de Ijuí (FAL)
Faculdade Anchieta do Recife (FAR)
Faculdade Atual (FAAT)
Faculdade Centro Oeste do Paraná (FACEOPAR)
Faculdade da Aldeia de Carapicuíba (FALC)
Faculdade de Ciência e Educação do Caparaó (FACEC)
Faculdade de Ciências Médicas da Bahia (Ciências Médicas)
Faculdade de Saúde de Paulista (FASUP)
Faculdade do Sertão (UESSBA)
Faculdade Ecoar (FAECO)
Faculdade Latino Americana de Educação (FLATED)
Faculdade Paraíso (FAP)
Faculdade Paranapanema (FP)
Faculdade Regional Brasileira - Maceió (IBESA)
Faculdade Santa Cruz (FACRUZ)
Faculdade Santo André (FASA)
Faculdade Santo Augusto (FAISA)
Faculdade Teológica Evangélica do Rio de Janeiro (FATERJ)
Faculdades Integradas de Várzea Grande (FIAVEC)
Instituto Brasileiro de Educação Superior Continuada (IBEC)
Instituto de Educação e Tecnologias (INET)
Instituto Superior de Educação de Floresta (ISEF)
Instituto Superior de Educação de Pesqueira (ISEP)
Instituto Superior de Educação Franciscano Nossa Senhora de Fatima (FATIMA)

terça-feira, 14 de maio de 2019

ASSOCIAÇÃO COMUNITÁRIA E RECREATIVA DO BAIRRO E RUA 28 DE JULHO REALIZOU FESTA EM HOMENAGEM ÀS MÃES.

O evento aconteceu na tarde deste sábado (11) de maio de 2019, na residência do Ex. Presidente da Associação de Moradores Sr. Mario Sergio, por volta das 18:30hs um grande evento em homenagem ao dia das mães.

O mesmo já foi informando que vem ai a festa dos País, em agosto, e anunciou também a sua saída à frente da Associação e vários benefícios que irá trazer para os moradores do bairro, ouça o áudio acima.
Discurso de Mario Sergio
A Associação já é conhecida por realizar grandes eventos em datas comemorativas durante o ano e a organização sempre faz o possível para realizar tudo muito bem organizado para os participantes, desde decoração aos brindes, pois foram distribuídos presentes para todas as mães que compareceram ao local, a festa teve abertura com a benção do Frei Felipe, da Igreja Católica, que fez uma breve homenagem e logo após foi feito uma oração.
                           Frei Felipe dando a benção no evento
Logo em seguida o mestre em cerimônia André, convidou o Pastor Zileudo, que estava representando as Igrejas Evangélicas para também realizar uma oração e abençoar todas as mães, o pastor ao usar o microfone fez uma homenagem e em suas palavras relatou “ Eu não tenho mais minha mãe do meu lado mais quero dizer para aqueles que ainda tem sua mãe aproveite o máximo” e em seguida orou pedindo bênçãos para todas as mães.
Mestre de Cerimonia André & A Sra Deusanira 
Logo após a cantora Magila Ramos e Banda, deu inicio ao show com abertura da musica (fogão de Lenha), onde emocionou as mães presentes, a cantora em um certo momento do Show desceu do Palco e foi para o meio da passarela do evento cantando e cumprimentando todas as mães e em vários momentos e a cada musica aplaudida pela plateia.
Magila Ramos & Banda

Em seguida foi à vez da jovem Patrícia, que estava na plateia e foi convidada para fazer uma linda declaração de amor para sua mãe, onde a jovem emocionou toda plateia que estava presente com suas palavras ouça o áudio abaixo.
Patricia, participante com uma homenagem para as mães 
Em uma entrevista ao blog do Nonato Nascimento, Mario Sergio, que é o responsável pelos eventos relatou que “A iniciativa surgiu de toda diretoria e todas as datas comemorativas que tem durante o ano, nós fazemos as festas para pessoas que moram dentro do bairro da Associação, essa das mães é uma das mais importantes que a gente faz e graças a Deus esse ano a gente teve um apoio muito bom de todos os parceiros, primeiramente Deus e em segundo o nosso amigo Romero, que nunca deixou de nos ajudar em nenhum momento, BJ Supermercado, pessoa de Ronilson Maratá & Jania Ribeiro, sua esposa, Frutaria Compre Bem, do nosso amigo Rafael, Noronha da Casa da Ração, Raimundo Filho Fortaleza, Audivania porto, da loja Acesso.com, Professora Patrícia Araújo, Ana Raquel, Deputado Federal Jucelino Filho, Deputada estadual Andreia Resende, essas são as pessoas que sempre estão nos apoiando em nossos eventos mais esse ano nos tivemos uma ajuda melhor por que recebemos uma grande apoio de nossos deputados e do Romero que sempre é parceirão”. Finalizou Mario Sergio.















terça-feira, 7 de maio de 2019

Marcelo Boldrin, revela mais um maranhense nos gramados.

A nova estrela do futebol  maranhense saiu do Projeto "UNIDOS SOMOS FORTES/CATS" núcleo Nordeste.
Boldrin e o zagueiro Gabriel 
O jovem  zagueiro Gabriel Tobias,  é  de São Luis-MA, e há muito tempo vinha se destacando dentro dos gramados na sua categoria Sub 14, com interesses até mesmo do "FLAMENGO" onde não  acertou contrato.
Sr. Mário, Presidente do "Clube PSTC" de Londrina/PR, e o maior revelador  de grandes atletas com passagens  pela Seleção Brasileira,  dentro do futebol  Paranaense..
Mas em seguida veio o despertar do maior revelador de atletas Para a Seleção Brasileira dentro do Estado do Paraná  Sr. Mário que logo bateu o martelo  com o representante do atleta Sr  Marcelo Boldrin,atual representante oficial  da Seleção Brasileira de futebol masters e coordenador das escolinhas  da seleção master  em todo território  nacional.
Assinatura do contrato pelo Sr. Mário, Presidente do PSTC
Em uma entrevista ao blog, Boldrin destaca que "vemos que este trabalho  de Escolinha tem dado  fruto em favor do trabalho  Social  e Esportivo e na formação  de grandes Atletas, o Projeto Unidos somos fortes vêm se destacando em todo o Nordeste com um trabalho  sério e promissor em favor dos jovens Nordestinos, queremos desejar ao jovem atleta Tobias, muito sucesso e continue firme e sempre com esta humildade". Finaliza o Master.





segunda-feira, 6 de maio de 2019

Inscrições para Enem 2019 começam nesta segunda (6)


As provas estão marcadas para os dias 3 e 10 de novembro (dois domingos consecutivos).
As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 começam amanhã (6), às 10h (no horário de Brasília), e podem ser feitas até o dia 17, exclusivamente pela internet, por meio da Página do Participante. As provas estão marcadas para os dias 3 e 10 de novembro (dois domingos consecutivos).

A taxa de inscrição custa R$ 85 e deve ser paga até o dia 23 de maio, de acordo com o cronograma do exame.

O participante terá até o dia 17 de maio para atualizar dados de contato, escolher outro município de provas, mudar a opção de língua estrangeira e alterar atendimento especializado e/ou específico. Depois dessa data, nenhuma informação poderá ser alterada. 

O candidato que precisar de atendimento especializado e específico deve fazer a solicitação durante a inscrição. O prazo para pedidos de atendimento por nome social vai de 20 a 24 de maio.

Quem já concluiu o ensino médio ou vai concluir ainda este ano pode utilizar as notas no Enem, por exemplo, em programas de acesso à educação superior, de bolsas de estudo ou de financiamento estudantil.

A prova também pode ser feita pelos chamados treineiros – estudantes que vão concluir o ensino médio depois de 2019. Neste caso, os resultados servem somente para autoavaliação, sem possibilidade de concorrer efetivamente às vagas na educação superior ou para bolsas de estudo. Esses participantes devem declarar ter ciência disso já no ato da inscrição.

Isenção

Mesmo quem solicitou a isenção da taxa precisa se inscrever. Estudantes que entraram com recurso relacionado ao pedido de isenção já podem verificar o resultado. As informações foram divulgadas na quinta-feira (2) no Sistema Enem. É necessário fazer login para acessar o resultado.

Estudo

Para reforçar o conhecimento dos candidatos, a Empresa Brasil de Comunicação(EBC) oferece várias estratégias gratuitas, como o Questões Enem, no qual os estudantes têm acesso a um atualizado banco de dados que reúne provas de 2009 até 2018. O site permite a resolução das questões online, com o recebimento do gabarito.

domingo, 5 de maio de 2019

Pente-fino no INSS na Aposentadoria por invalidez, BPC-Loas e Auxílio-doença em 2019



Pente-fino no INSS na Aposentadoria por invalidez, BPC-Loas e Auxílio-doença em 2019. Após um trabalho de revisão de benefícios sociais concedidos pelo governo federal, 422 mil serão cancelados, sendo 228 mil auxílios-doença, 43 mil aposentadorias por invalidez e 151 mil benefícios de Prestação Continuada (BPC).

Diversos benefícios de programas sociais estão sendo revisados pelo governo federal, para verificar se os beneficiários ainda cumprem os requisitos apresentados no momento da concessão do auxílio. Segundo o ministro do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame, o objetivo é revisar 1,8 milhão de benefícios, entre auxílio-doença e aposentadoria por invalidez. Após o pente fino, a expectativa do governo é chegar a 1,1 milhão de benefícios mensais. A economia total com as medidas pode chegar a R$ 20 bilhões.


No caso do auxílio-doença, os beneficiários foram convocados para novas perícias. De acordo com o Ministério do Desenvolvimento, na primeira fase, entre 2016 e fevereiro de 2018, foram realizadas 252 mil revisões de um universo de 553 mil previstas. Destas, 228 mil foram canceladas, seja por indicação da perícia ou por não comparecimento, um índice de cerca de 82%.

Desde agosto de 2016, a revisão de auxílio-doença gerou economia de R$ 7,6 bilhões.


Aposentadoria por invalidez – INSS


Quarenta e três mil benefícios de aposentadoria por invalidez serão cancelados. Neste caso, como há um processo de transição para o cancelamento total, que se estende por um ano e meio, a economia em 2018 será de R$ 500 milhões mas pode chegar a R$ 5 bilhões em 2019.


Prestação Continuada – INSS


O Benefício de Prestação Continuada é oferecido a 4,4 milhões de beneficiários de baixa renda, sendo 2,4 milhões de idosos e 2 milhões de pessoas com deficiência.


O governo vai cancelar 151 mil benefícios de pessoas que não atendem mais os requisitos mínimos para receber o auxílio. De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Social, a economia com os cancelamentos pode chegar a R$ 1 bilhão por ano.


Magazine Luiza compra Armazém Paraíba no Maranhão e Pará.

No Maranhão, nove pontos do Armazém Paraíba foram locados


https://oimparcial.com.br/noticias/2019/05/magazine-luiza-compra-armazem-paraiba-no-maranhao-e-para/
Magazine Luiza fechou contrato de cessão comercial de 48 pontos de venda hoje ocupados pelo Armazém Paraíba, para se estabelecer no Pará e expandir suas lojas no Maranhão, onde já tem 27 lojas. A tradicional varejista de móveis e eletrodomésticos do Norte e Nordeste é conhecida por ter lojas em áreas mais remotas.




Dos 48 pontos de venda do Armazém Paraíba locados pelo Magazine Luiza, 39 estão no Pará e nove no Maranhão. Por meio de nota, a administração do Armazém Paraíba informou que “a negociação com a Magazine Luiza envolve apenas e tão somente a cessão de 48 pontos, na sua grande maioria imóveis próprios”. Isso significa que nesses pontos de venda a marca Magazine Luiza substituirá o Armazém Paraíba. Os funcionários dessas lojas provavelmente deverão ser reaproveitados sob a nova administração, diz uma fonte.
O diretor-presidente da Sociedade Comercial Irmãs Claudino S/A, Valdecy Claudino afirma, em nota, que o Armazém Paraíba está iniciando uma nova fase sempre com foco na inovação e modernidade.


A administração afirmou que possui mais de 350 lojas espalhadas pelo Norte e Nordeste e continuará atuando no varejo, “sendo certo que nos Estados do Pará e parte do Maranhão, com foco no ramo mole (confecções, tecidos, calçados, cama, mesa e banho)”. A rede não informou as cifras e prazos do contrato. “A empresa tem como política não divulgar valores de negociações.”



O comunicado afirma que as mudança são oportunidade para que os colaboradores que não permanecerem vinculados ao Armazém Paraíba se candidatem ao processo de seleção do Magazine Luiza, “tendo em vista a experiência que já adquiriram no varejo”. A nota afirma que a empresa vai disponibilizar cartas de referência.



No segundo semestre de 2019 o Magazine Luíza vai estrear no Pará com 51 lojas e abrirá outras 9 lojas no Maranhão, onde a rede começou a operar no ano passado.



O Magazine Luiza também informou que irá investir em um novo centro de distribuição na região, “com o objetivo de atender melhor os clientes online e offline, em linha com sua estratégia multicanal”.



A maioria das lojas no Pará será em cidades menores, fora da capital. Isso reforça a estratégia da companhia que, na avaliação de consultores, caminha na direção de ser a Amazon brasileira. Ao ampliar sua capilaridade, chegando a municípios mais distantes dos grandes centros, a varejista reforça o modelo de negócio que une as lojas físicas com o varejo online. Os pontos de venda viram uma espécie de minicentros de distribuição, o que garante a rapidez na entrega das compras online, o maior obstáculo ao avanço do e-commerce, sobretudo em regiões distantes do Sudeste.



sábado, 4 de maio de 2019

Facebook inicia processo de fusão do Whatsapp, Messenger e Instagram Inbox.



O Facebook anunciou nesta semana uma série de novidades durante a sua conferência F8. A principal delas envolve uma mudança completa no aplicativo da rede social, sendo que o Instagram também recebeu atenção especial da empresa de Mark Zuckerberg.

No entanto, o que deixou muita gente curiosa é como a rede social conseguirá unificar todas as suas plataformas de mensagens instantâneas. Isso porque o próprio Zuckerberg chegou a anunciar que o Whatsapp, o Messenger e o Instagram Inbox devem ser integrados em uma única plataforma no futuro.

Durante a conferência desta semana, o Facebook chegou a dar uma "pincelada" no assunto, mas ainda deixou muitas lacunas a serem preenchidas. Com isso, ainda não é possível saber se a empresa vai unificar a experiência em um único aplicativo ou vai manter os três de forma independente.

A única coisa que parece óbvia no momento é que essa integração já está sendo montada nos bastidores. Assim, logo mais os usuários poderão acessar os seus contatos do Facebook Messenger direto do Whatsapp, por exemplo. Isso porque a base de dados deve ser unificada.

Além disso, mantendo a sua promessa, o Facebook garante que deve oferecer a criptografia de ponta a ponta que vemos no Whatsapp. Entretanto, esse processo de fusão será um tanto lento e longo. Mesmo assim, já existe um movimento de usuários que pedem que a empresa ofereça uma opção para aqueles que não querem ter essa integração.

Por enquanto, apesar de manifestar a sua intenção, o Facebook não forneceu mais detalhes sobre quando essa integração estará pronta. De toda forma, a rede social já confirmou que esse é o futuro das suas plataformas de mensagens.

Presos Fogem do hospital

FAECO ECOÁ DA GOLPE EM ALUNOS DE SÃO MATEUS – MA.

A informação partiu de alunos que terminaram o curso de Bacharelado em Serviço Social em 2018, já haviam feito TCC, mais agora depois de ...